BELISARIO VISTO DE CIMA II

Já há alguns dias fomos na Comunidade Fazenda Veiga e falei de fotos perdidas na hora de transferi-las do celular para o computador. Isso aconteceu também no dia seguinte. Com a assessoria de Clebinho, à distância, descobri uma desconfiguração do celular, que passou a fotografar em altíssima resolução e o computador não conseguia "ler". 
No segundo dia havíamos feito uma belíssima caminhada, totalmente inédita para Mirian e também perdemos as fotos. Não me conformei. Nesse sábado voltei lá, e dessa vez fui sozinho.
Sem a ajudante fica mais difícil abrir uma porteira. Mas sempre é deixado uma madeira perto, para travá-la aberta,
Vou subir muito.
Para suavizar os aclives, a estrada vai serpenteando o morro
Lá embaixo uma bela visão da Fazenda Veiga.
Essa foto foi tirada na primeira caminhada, com o celular de Mirian. Vou aproveitá-la.
Ao fundo, a Serra do Brigadeiro.
Pés de café foram cortados aqui. A partir de uma certa idade eles são renovados e no próximo ano não haverá produção.
O carro ficou estacionado. Vim também para caminhar além de fotografar.
Mais ou menos aqui eu fiz aquele vídeo com Carlinhos, o proprietário, Marcos Bahia e Aparecida colhendo café. A casa dele ficou lá embaixo.
De novo, a parte norte da Serra do Brigadeiro.
Vou passar lá em cima.
Em breve o mato toma conta da estrada. Mas aqui passa mais é trator.
Quero chegar lá naqueles eucaliptos. 
Essa foto também foi da outra caminhada. Quero fazer justiça  para com a patroa, que venceu esse desafio.
Mais subida...
Pronto! Agora é só vencer aquela cerca. Com a minha destreza, em 15 minutos consigo passar entre os arames.
Prepare-se para ver o que se avista daqui, além da Serra...
Belisário visto por cima, agora a partir de sua entrada. Já mostrei visto do Cruzeiro, que fica na outra ponta do distrito.
A minha casa amarela  fica naquela árvore grande, bem no centro da foto.
Outra vista.
Tá olhando o quê? Não tenho um pingo de medo de você, desde que uma cerca nos separe.
Entrei por entre esses eucaliptos.
Estou exatamente em cima da pedra. Perigoso isso aqui. Ultrapassar a cerca, nem pensar.
Vou descer.
Mais uma olhada.
Lá no fundo a casa do Sr. Zé Maria/Sebastiana, onde também estivemos semana passada.
E cheguei na estrada.
Um registro da secagem de café de Lindim, aquele que trabalha pra daná pra ser sortudo.
Naquele banco "tá faltando ele
E a saudade dele tá doendo em mim..."
Lá no fundo a pedra onde estive. Exatamente naqueles eucaliptos. Na minha porta essa cena de Vinicius ajudando a tia "Dete" secar o seu café.
De novo uma visão da pedra dos cabritos.
Tem um vídeo que fizemos na ida com Mirian. Já lhe mostro.

Comentários

  1. Show! As vistas lá de cima são lindíssimas! Tenho certeza que vale a pena o esforço! Dá vontade até de mudar pra serra... qualquer dia desses apareço por aí é me voluntario pra uma caminhada dessas! (Só não vou ter o pique do Cleber e da Miriam... tenho que ir no nível iniciante!). Grande abraço

    ResponderExcluir
  2. Tudo muito lindo, mas gostei mesmo da camisa que a Bianca trouxe pra você de Natal.

    Renato Sigiliano

    ResponderExcluir
  3. Concordo com o Renato, a camisa de Natal superou todas as outras belas imagens. Muito legal!

    ResponderExcluir
  4. Caminhar diariamente é uma obrigação um pouco penosa para quase todos. Aí nesta natureza tão linda é um privilégio. Uma garrafinha de água fresca à mão e lá se vai, sem nem perceber o cansaço. à noite é aquele sono reparador de quem gastou energia em um lugar desestressante.

    ResponderExcluir
  5. Agora eu entendi o caminho que vocês fizeram. Vocês subiram pelo lado oposto da cidade. Eu subo pelo lado da cidade. Na proximidade do cafezal do Olindinho. Foi nesse morro que eu perdi meu primeiro Drone. Ele acusou a perda de contato com o controle e iniciou a volta automática para casa. Ao chegar no ponto de partida configurado, ele ao invés de pousar começou a subir, subiu até 500m... Sem responder aos controles iniciou, finalmente, a descida. quando faltavam uns 8m para tocar ao solo a bateria acabou completamente e ele despencou. O pior é que o Chipp de memória se desprendeu na queda e nunca foi encontrado. Perdi também as filmagens.

    ResponderExcluir
  6. Linda paisagem!
    Lenir

    ResponderExcluir
  7. 🤩🤩🤩 Quanta beleza! Lindos cenários da vida dessa gente amável de Belisário

    ResponderExcluir
  8. Que espetáculo!!! Muito linda a natureza aí!!!! Parabens aos dois por estarem em forma...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente este post!

Posts mais visitados do último mês