QUEM É ESSA MULHER?



Essa pergunta Chico Buarque fez em uma música, se referindo a Zuzu Angel, mas aqui é outra história.

Ontem postamos uma história triste e ao mesmo tempo muito rica, de uma mulher que está em Belisário com 5 crianças adotivas ou em processo de adoção, retiradas de uma vida indigna em uma comunidade próximo ao bairro Belford Roxo, no Rio de Janeiro. Veja lá a matéria.

http://embelisariomg.blogspot.com/2020/12/entao-e-natal.html

Desafiei aqui a possibilidade de fazermos um Natal feliz para esses pequenos e logo começou a pipocar ajuda. De S. Bernardo do Campo o belisariense Antônio Calais deu uma generosa colaboração. De BH mais um pedido de conta a depositar, por parte de um anônimo, idem Muriaé, depois Lucas Rocha, Nezim, Rita Braga, de Barbacena, minhas visitas, mais anônimos... e a lista vem crescendo.

Marcamos um encontro hoje, dia 24, às 9 horas, na porta do Mercadinho do Robertinho, com Rosane, a guardiã e a garotada.



A ordem foi dada: cada um poderia escolher presente(s) somando-se próximo de 40,00 para cada um. Eles dispararam para cumprir essa "difícil" tarefa.



Regiane, esposa de Titico, quem me alertou sobre a chegada de mais duas crianças, foi também, junto com uma moça, para ajudá-los nisso.



Como disse o belisariense anônimo de BH: "não há preço que pague o sorriso de uma criança nessas horas!".

Depois dos brinquedos pedi que elas escolhessem guloseimas, como chocolates e biscoitos e material para a ceia. Rosana vai fazer um salpicão. Ela conta com a ajuda da ex-sogra, sua vizinha, que veio com ela do Rio, e que ajuda na cozinha.


Fiquei impressionadíssimo com a caráter dessa mulher. Super moderada no pegar coisas, preocupada com preços e quantidade daquilo que pegavam.

No caminho compadre Tuti deu linguiça para o almoço e lá vão eles, explodindo de felicidade. Rosana, a quem todos chamam de mãe, veio conversar comigo.


Fiquei impressionadíssimo com o que ouvi de Rosana. Os comentários feitos por diversas pessoas na matéria anterior, me deram a certeza de que estava diante de um ser especial. Ela já encaminhou na vida cerca de 20 pessoas. Estou pegando o contato de algumas dessas, para saber mais dessa pessoa incrível, que tem 3 filhos de sangue, todos já encaminhados na vida.


A última criança que ela foi pegar no Rio, essa pequenininha, teve as mãos queimadas pela mãe, por ter estragado um batom dela.


Ela viu a necessidade de fazer um curso de técnico de enfermagem e depois pedagogia. Pertence a uma igreja evangélica mas que não está envolvida em seu projeto. Aqui recebeu apoio do pastor da Igreja Metodista. Da prefeitura recebeu uma cesta e da Igreja católica também uma grande cesta. Vamos envolver a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social em janeiro, para que isso seja contínuo. Várias pessoas prometeram doar roupas.


As compras no Robertinho ficaram em 400,00. Vamos esperar a confirmação de doações pendentes e outras e deixar um crédito para eles no Mercadinho do Paulino, que também está participando da ação. Já temos a garantia de 400,00.


Irei daqui a pouco lá na casa, com o meu filho Clebinho, que é super articulado em movimentos sociais em SP e pensa ter caminhos para conseguir ajuda também.

Comentários

  1. Parabéns Cleber, elíssima iniciativa!

    ResponderExcluir
  2. Caro Cleber, que lindíssimo gesto! Chega a ser emocionante! Obrigado pelo testemunho!

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigada Cleber,por está homenageado e ajudando minha mãe,pedia a Deus todos os dias condições pra pode ajudar a ela mais Deus faz como ele que enviou você que também te um coração enorme pra ajudar ela,não o conheço mais já está em minha orações pra Deus te retribuir 100 vez mais na sua vida.🙏

    ResponderExcluir
  4. Como se observa, sem "pompas e circunstâncias", a Rosana concretiza o autêntico propósito do cristianismo: amor (sem limites) ao próximo, principalmente quando os próximos são crianças carentes e indefesas. Muitos aplausos também, para o Cléber. Foi graças à iniciativa dele que os pequenos puderam vivenciar momentos de intensa alegria. Isso também é amor ao próximo e o verdadeiro espírito d Natal.

    ResponderExcluir
  5. O Aniversariante se faz presente no trabalho da Rosana, realizando o verdadeiro sentido do Natal.

    Renato Sigiliano

    ResponderExcluir

  6. Estou profundamente comovida com essa história! Que anjo esta mulher! Que Deus a abençoe, guarde e proteja, bem como às crianças que ela adotou

    ResponderExcluir
  7. Fiquei muito comovido, com a história dessa mulher guerreira, que cuida dessas crianças, com tanto carinho, que Deus abençõe a vida dela grandemente, já fiz minha doação, através do depósito bancário!

    ResponderExcluir
  8. Esta é uma linda História de Natal. O Aniversariante Jesus foi honrado de verdade neste movimento.

    Que a Luz de Belém (o próprio Senhor Jesus) continue brilhando na vida desta serva dEle, desta mulher tão abençoadora e na vida de todos que ajudaram a escrever este belo caso de Natal em Belizário.

    ResponderExcluir
  9. Que linha reportagem, isso mostra que o espírito do Natal ainda vive, essa senhora é muito guerreira tem o coração gigante, mesmo com pouco ela faz muito.que orgulho 👏👏👏👏

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente este post!

Posts mais visitados do último mês