VOCÊ CONHECE A REGIÃO DE DIVINO?

Mas quem vai lhe mostrar não sou eu e sim D. Nina Campos. Afinal, nós estamos em SP. Como combinamos, você é que vai fazer as matérias enquanto estivermos aqui. Que tal, Professora Lenir, fazer uma sobre o Dia do Estudante, que foi essa semana?
Coloque o cinto e vamos pegar a estrada com D. Nina.

Ao meio dia tomamos um táxi na quarta-feira, dia 12/08/2020, para irmos, quatro primos, para conhecer a cidade de Divino
Passamos primeiramente por uma fábrica de rapadura, sabor amendoim, gengibre e natural. 
Fica na beira da BR 116, junto à estrada que leva para a Graminha. Veja as fotos.




São duas primas, Elisandra e Elisiane, que fabricam também melado. 


O empreendimento está sendo construído para venda a turistas e terá outras atrações também.

Entramos em Divino onde, na praça, contemplamos um lindo jardim de árvores todas floridas e a igreja matriz no outeiro. 

Na cidade, bem maior que Miradouro, vimos casas antigas de arquitetura colonial bem conservadas.

De lá seguimos para a fazenda dos Frossard, do princípio dos século, onde ainda mora um sobrinho, de nome Armando Frossard, de 78 anos.


Encontramos lá esse senhor, que com toda gentileza nos mostrou tudo.
A casona de muitas janelas, todas envidraçadas, alpendre grande, pisos originais de ladrilhos, madeiras e pinturas nas paredes com assinatura do pintor, Manuel Funchal Garcia, data de 23-3-1920. 
Esse pintor era de Leopoldina, também escritor, morreu no Rio de Janeiro em 1979, com 80 anos de idade. 



Todos os cômodos têm as paredes pintadas até o teto.

Observe os detalhes dessas sancas!


O piso também merece ser observado.

Quem construiu a casa, assim adornada, foi d.Mariquinha Frossard, tia do Sr. Armando que nos recebeu e mostrou o principal da fazenda, inclusive a usina elétrica que funciona até hoje.



Dessa fazenda, seguimos para outra interessante antiga fazenda de Joaquim Carvalho, que era importante ruralista na região de Divino.




São dos "Carvalho", da região de Muriaé, grandes empreendedores rurais, intelectuais e políticos também. 

 Lucas, que me acompanhou nessa viagem, pesquisou na internet  e tirou essa fonte de  informações 

Fazenda centenária em Divino-MG guarda importantes obras do pintor Funchal Garcia.

Matéria de Nina Campos


Comentários

  1. Parabéns à co-blogueira Nina Campos pela excelente matéria. Destaque para estes pedacinhos de rapadura e para este melado que deram água na boca.

    Atualmente já há e depois da pandemia a tendência é crescer ainda mais a procura pelo eco turismo. Pessoas obrigada a viver em cidades grandes desumanizadas e sem natureza desejam cada vez mais estar em lugares tão lindos como este.

    Se o Turismo ainda não é enfatizado pela Prefeitura de Divino, está na hora de fazê-lo.

    Obrigada pelo passeio virtual, Dona Nina! Foi um colírio para os olhos.

    ResponderExcluir
  2. Dona Nina Campos que inspiração para todos nós! Não me surpreendo, porque não espero menos dessa mulher fantástica, mas do alto dos seus quase 92 anos fazendo essa belíssima matéria jornalística, rica de informações culturais e mostrando-nos as belezas da nossa Minas Gerais é de se aplaudir de pé.
    Mirian Paradela

    ResponderExcluir
  3. Parabéns,
    Mininha!!!! Adorei!!!

    ResponderExcluir
  4. Olha a Dona Nina!
    Que coisa mais linda mais cheia de graça!
    Obrigado pela aula nossa sempre Embaixadora, Cenários lindos para locações de filmes;que guloseima espetacular!
    Salve @embelisariomg.blogspot!
    Que delicioso!
    Viva!

    ResponderExcluir
  5. Que linda e gostosa cidade! Quero conhecer....

    ResponderExcluir
  6. Que Maravilha. Lucas sabe reconhecer o valor histórico e apreciar essas maravilhas. Parabéns. Belíssimo

    ResponderExcluir
  7. Muito linda a matéria. Amei as belezas artísticas nas pinturas e arquitetura. Que maravilha! Parabéns!

    ResponderExcluir
  8. Impressionante como as Fazendas tanto dos “Frossard”, belíssima com seus painéis pintados, tanto quanto a dos “Carvalho” estão bem preservadas!! E parabéns à competente colaboradora Dona Nina!!
    Gilca Napier - Muriaé

    ResponderExcluir
  9. Amei a reportagem de D.Nina.Divino cidade maravilhosa,nossa terra querida.

    ResponderExcluir
  10. Obrigada D.Nina,Amei a reportagem. Divino nossa terra querida.

    ResponderExcluir
  11. Tenho muita saudades de Divino, também do alto taguarasu. Onde nasci meus parentes,todos! A maior parte vivem lá a quanta saudades de tudo.

    ResponderExcluir
  12. Que bom que gostaram, fico muito agradecida pelas palavras incentivadoras. Obrigada, Mirian, você é "totalmente demais" ! Penso emplacar mesmo os 92 e já estão convidados para outro almoço na Fazenda do Pedro José, sem Pandemia ! Beijos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente este post!

Posts mais visitados do último mês